RSS

Pesquisar este blog

08/09/2010

Abdominal eficiente

Olá.

Mesmo pessoas que não estão acima do peso tem problemas com a barriga saliente. Teimosa ela insiste em aparecer sob aquele lindo vestido ou pular para fora da calça.
É sabido também que quem tem excesso de gordura na região abdominal, é mais propenso a desenvolver problemas de saúde do que se a maior parte da gordura estivesse nas coxas e quadris. Isso vale mesmo se o seu índice de massa corporal estiver na faixa considerada normal. Mulheres com uma medida da cintura de mais de 88 centímetros, ou homens com a medida da cintura de mais de 100 centímetros, podem ter maior risco de sofrer enfermidades do que aqueles com menor medida de cintura devido a onde a gordura está localizada.
Abdomem no lugar não é só estética, é também uma questão de saúde.
Veja por que nesta matéria do site Copacabana Runners:

A parede abdominal é composta de músculos, como o reto abdominal, os oblíquos internos e externos e os músculos transversos. A gordura acumula-se em forma de capa e para que ela não se exceda devemos fazer exercícios abdominais.
A musculatura abdominal mantém o tronco ereto evitando a diminuição das funções orgânicas.
A nossa musculatura abdominal quando é fraca dificulta a eliminação de resíduos, facilita a formação de hérnias, o surgimento de hemorróidas.
Os músculos abdominais quando não trabalhados fazem com que o estomago fique dilatado por não encontrar resistência, o individuo passa a ingerir mais alimentos, vindo desta forma a obesidade.
Os músculos abdominais são flexores da coluna vertebral.
Mas, não adianta deitar no chão com a mão atrás da cabeça e fazer 300 clássicos abdominais. Para combater este problema, devemos tomar algumas medidas.
  • Dieta hipocalórica. (muito chop e chocolate não dá né)
  • Alimentar-se regularmente (se você ficar um grande intervalo de tempo sem comer seu corpo passa a acumular reservas).
  • Exercícios aeróbicos.
  • Abdominais eficientes 
 Digo abdominas eficientes, porque é preciso trabalhar todo os quatro grupos musculares desta região, os oblíquos internos e externos, transversos e reto do abdomem.
Outro fator importante é a respiração. Nem pense em contrair o abdômen em apnéia (segurando a respiração). Isso aumenta a pressão arterial, o que é particularmente grave para quem sofre de pressão alta. Além disso, se você segurar a respiração, a habilidade em fazer os movimentos fica comprometida. Por isso, inspire e expire durante a contração. 

O professor Marcelo Merce garante: a aula fará mais efeito se você mobilizar corretamente a musculatura abdominal durante a execução de cada postura. Com a barriga totalmente contraída, fi ca mais fácil trabalhar os três músculos da região (reto abdominal, transverso e oblíquos). Por isso, antes de começar, atenção ao procedimento abaixo.
Cole o umbigo nas costas Para fazer isso, realize uma expiração profunda, que vai forçar o abdômen para dentro e contraí-lo. Em seguida, volte à respiração normal mantendo a barriga encolhida. Com essa manobra, você vai fechar as costelas, levando-as em direção aos quadris. É importante manter a curvatura natural da coluna, já que um bom alinhamento do corpo ajuda na execução correta dos exercícios.
Dica pessoal.
Pilates é um ótimo exercício para trabalhar o abdomem. No site da revista Boa Forma tem umas dicas bem legais.

Fonte: Copacaba Runner, revista Boa Forma e Marie Claire

Bjoks

3 amigas deixaram seu carinho. Comente você também.:

Luciana Kotaka disse...

Oi amiga, prefiro o pilates ao abdominal,não tenho paciência com esse exercício todo.Lembro sempre de estar contraindo o abdômem,exercício diário. Bjks

Evânnia disse...

Oi, vim agradecer a visita, eu odeio abdominais, mas já percebi que não vou poder fugir deles por muito tempo, logo vou ter que começar uma relação amistoso com ele rsrsrs...adorei as dicas, beijos.

In Shape - Suellen disse...

Obrigada pelas dicas do iogurte no meu blog! Concordo e já estou seguindo-as! Ah, e falando de abdominal, eu amoooooooooo! Sério, sinto preguiça de fazer, mas quando começo a mecher os musculos da barriga e sentir que a esotu trabalhando, me sinto bem e logo penso em uma barriga sequinha pra me dar mais ânimo no exercício! hahahah Beijoo