RSS

Pesquisar este blog

20/08/2013

O que são as Calorias Inteligentes? Veja como elas podem ajudar

Olá borboletinhas.

Segue mais detalhes da dieta das calorias inteligentes para quem se interessar.

O que são as Calorias Inteligentes? Veja como elas podem ajudar

O que são as Calorias Inteligentes? Veja como elas podem ajudar

Diferente de outros Programas de emagrecimento que viram modismo, o novo Programa Emagrecendo possui a Metodologia das Calorias Inteligentes que veio para se tornar uma referência.
Primeiro, porque sua metodologia foi elaborada, e desenvolvida durante dois anos por uma equipe de especialistas em nutrição e em comportamento humano do Instituto da Saúde Integral.


Segundo, porque conta com o aval do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, o maior complexo de saúde da América Latina, padrão para as demais instituições, voltado para o atendimento assistencial.

A Metodologia das Calorias Inteligentes foi analisada por um comitê de médicos especialistas e profissionais da saúde do Hospital das Clínicas e após sua aprovação foi aplicado para os seus funcionários com excelente resultado.
Em primeiro lugar, não se iluda: não há como emagrecer sem reduzir a ingestão calórica. Portanto, as Calorias Inteligentes fazem o que toda dieta faz: controlar as calorias. Porém, de um jeito diferente, fácil e inteligente.

Durante o processo de elaboração da metodologia Calorias Inteligentes, foram avaliados os prós e contras de cada alimento. De um lado, os fatores principais que, em excesso, levam ao aumento de peso e consequente prejuízo á saúde: índice glicêmico, teor de gorduras saturadas e trans e quantidade de sódio. Do outro, os benefícios que o alimento proporciona.

Por exemplo, compare o azeite de oliva ao óleo de soja: no azeite, para cada parte de gordura saturada, há cinco partes de gordura monoinsaturada. Já no óleo de soja, para cada parte de gordura saturada há uma parte de monoinsaturada.

Como o excesso de gordura saturada é prejudicial, em termos nutricionais vale mais a pena consumir azeite.

Mas se em determinada circunstância você consumir óleo de soja, saberá quanto pode ser consumido, sem ultrapassar os limites saudáveis.

Lembre-se: se não há restrição médica, você pode e deve comer de tudo. Quanto mais variada a sua dieta, melhor!

MAS AFINAL COMO FUNCIONA A METODOLOGIA?

Para cada porção de alimentos foi feita uma análise levando-se em conta todos os itens relevantes para uma boa alimentação.

Foram avaliadas a quantidade de gordura saturada e trans, índice e carga glicêmica, gordura monoinsaturada, fibras, a termogênese (a quantidade de energia usada pelo corpo para processar determinado alimento), a saciedade que o alimento provoca, a relação entre os diversos componentes, entre outros fatores que beneficiam a saúde.

AO FINAL, OS ALIMENTOS FORAM CLASSIFICADOS DA SEGUINTE FORMA:

• VERDES:
Alimentos que fazem a balança trabalhar a seu favor e levam saúde para dentro do seu corpo.
O consumo desses alimentos é estimulado – são liberados, desde que você observe o número de kcal ou pontos correspondentes ao alimento não ultrapassando sua meta de consumo diária de calorias/pontos.

• AMARELOS:
São indispensáveis ao bom funcionamento do organismo, mas precisam ser consumidos com bom senso, já que apresentam níveis moderados de sódio, gorduras saturadas e índice glicêmico.
Devem ser consumidos com moderação observando o limite diário de 20 porções diária.

• VERMELHOS:
Têm altas concentrações de gorduras trans, sódio e elevado índice glicêmico, o que significa que, quando ingeridos além das porções diárias recomendadas, podem engordar e desencadear problemas de saúde mais sérios.

Ou seja, se consumidos em excesso, além das porções diárias recomendadas (5 porções ao dia), podem trazer prejuízos à saúde, bem como proporcionar ganho de peso com mais facilidade.

COMO USAR A TABELA DE ALIMENTOS

Você encontrará os alimentos na tabela da seguinte forma:

Quer dizer que 2 colheres de sopa de arroz à grega equivalem a 58 calorias o que corresponde a 2 porções de amarelas (o limite recomendado é de 20 por dia, lembra? ). O número dentro das tarjas amarelas e vermelhas indica seu valor correspondente.

Não há alimentos proibidos na Metodologia das Calorias Inteligentes. A proposta é fazer você conhecer – e entender como agem no organismo – alguns nutrientes de risco levados em conta na hora de avaliar a qualidade nutricional de cada alimento.

0 amigas deixaram seu carinho. Comente você também.: